Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Padre Alberto Neto

Foto

 

Hoje um canal de televisão recordou a morte misteriosa deste grande homem que viveu sempre intensamente. Tive o privilégio de o conhecer em Belas onde de cada missa fazia uma festa de alegria, celebração da vida e da fé. Hoje que a Igreja canonizou o Papa do Concílio Vaticano foi oportuna esta recordação, pois o P.e Alberto, nas palavras do cónego Janela, «Foi um homem que viveu intensamente o espírito evangélico e profético» do Concílio Vaticano II (1962-1965), «ele que tinha sido formado numa teologia pré-conciliar. Sabia que pisava um terreno minado mas o padre Alberto era um homem corajoso. Sofreu as consequências de não se ter refugiado na comodidade do clérigo que faz o seu serviço e ponto final. Arriscou e pagou com a própria vida».». O Padre Alberto foi um testemunho vivo de Cristo dos pobres: tudo o que tinha dava a quem precisava.

Era natural do Souto da Casa, concelho do Fundão.

*Fica a ligação para uma homília proferida na capela do Rato em 73 e que está actualíssima. Parece do Papa Francisco.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.