Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

O escultor e a tarde

sophia-de-mello-breyner-andresen-l.jpg

 

 

No meio da tarde

Um homem caminha:

Tudo em suas mãos

Se multiplica e brilha.

 

O tempo onde ele mora

É completo e denso

Semelhante ao fruto

Interiormente aceso.

 

No meio da tarde

O escultor caminha:

Por trás de uma porta

Que se abre sozinha

O destino espera.

 

E depois a porta

Se fecha gemendo

Sobre a Primavera.

 

Sophia de Mello Breyner