Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Mulher



Pega numa braçada de flores e leva-as contigo

e quando chegares ao pé dela

se tiveres vontade de a desdizer

desfolha uma a uma as belas rosas:

bem te quero, bem te quero, bem te quero ...

 

Abre depois um largo sorriso amigo

e mostra-lhe ser a única, ela,

capaz de sempre te compreender;

oferta-lhe palavras amorosas:

bem te quero, bem te quero, mais te quero ...

 

E lembra-te que é tua irmã

tua amada, tua princesa;

amima-a cada bela manhã

e mantém a chama acesa

da verdade, do amor e do bem:

nunca esquecendo sua missão: Mãe!

 

J M


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.