Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

LUA



Se me negasses os teus luares

seria mais feliz, viveria melhor

mas, marota, esses teus esgares

oferecem-me constante dor.

 

E, então, quando vens de primeira

no apogeu supremo da beleza,

quem te pode resistir, feiticeira?

quem pode ignorar a natureza?

 

E assim tenho sempre de viver

neste ingente e dantesco suplício

de seres a atração de meu ser

meu gozo, esplendor, mas cilício.

 

J M

27.09.2015