Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Já não ...

Já não se encantarão meus olhos em teus olhos,
já não se achará doce minha dor a teu lado.

 

Mas por onde eu caminhe levarei o teu olhar
e para onde tu fores levarás minha dor.

 

Fui teu, foste minha. Que mais? Juntos fizemos
um desvio na rota por onde o amor passou.

 

Fui teu, foste minha. Tu serás de quem te ame,
Do que corte em teu horto aquilo que eu plantei.

 

Eu me vou. Estou triste: mas eu sempre estou triste.
Eu venho dos teus braços. Não sei para onde vou.

 

…Desde teu coração diz adeus um menino.
E eu lhe digo adeus.

 

Pablo Neruda.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.