Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Cristino Cortes - 29 Junho BMEL

Nenhuma descrição de foto disponível.

DIA 29 | APRESENTAÇÃO DO LIVRO "O QUE FICA (POEMAS)" | DE CRISTINO CORTES


O Que Fica (Poemas) está organizado em seis ciclos, mais um conjunto intermédio, com um número primeiro decrescente e depois crescente de poemas. O livro contém 83 poemas originais versando, basicamente, a circunstancialidade da vida, e da vida na cidade, a nostalgia da cultura clássica (em particular a grega), a preocupação com alguns temas sociais e políticos, a meditação sobre o próprio fazer poético. As formas utilizadas são várias, nomeadamente o soneto, embora subsista, na maior parte das composições, uma regularidade estrófica e rítmica.”

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.