Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Carpe!

 

Narra-me os dias nítidos

as horas transparentes de cor.

 

Debaixo desta sombra frondosa

goza o dia intensamente.

 

Lê Horácio e modera-te

nos prazeres que as sombras afagam.

 

Frui cada hora em si

abstraído do bulício diário.

 

Aproveita cada momento

na sua efémera plenitude.

 

Goza moderadamente

e assim terás a felicidade.       

 

J M

1 comentário

Comentar post