Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ad hoc

Os espaços embicados da vida

que o tempo amarelo vai carcomendo

deixam restos espalhados pela casa;

 

(e as ratoeiras vazias

testemunham a esperteza

informática dos ratos)

 

e os minutos comem as palavras

dos alfarrábios

tornando-as caruncho.

 

J M

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.