Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

palavras

Degusto um prato de palavras

lenta e moderadamente

para fazer um creme de letras

com gosto e sentido

 

mastigo-as, saboreio-as

e elas teimosas e duras

resistem à minha intenção

fogem-me persistentes

 

procuro-lhe a substância

rasgo-lhe as veias vermelhas 

arrumo-as aos pares

mas nada. inuteis tentativas

 

indomadas e frígidas

gastam-se-me ariscas

antes de as ordenar.

 

nem uma pobre sopa

consigo cozinhar

quanto mais um prato!!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.