Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Se ...

[retirado daqui]

 

 

Se uma simples andorinha

me trouxesse no seu bico

um raio intenso de luar

era muito capaz de ficar

neste sítio onde fico

para te sentir sempre minha!

 

Mas a avezita vai-se embora

na fresca brisa vespertina

e nada me deixa ficar

assim só me resta esperar

que a orvalhada matutina

não me deite a esperança fora.

 

Dela me sustento e mantenho

e se acaso me vier a faltar

como hei-de então sobreviver?

Nem sei o que preciso de saber

nem o caminho consigo achar!

Não me sinto nem me tenho!

 

JM

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.