Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

NEVE (2)

 

Caía lenta e breve
levada no vento vindo
do alto cume dos céus
envolta em ténues véus
ensaiando ao de leve
um bailado lindo.
Caía lenta e branca
de imaculada beleza
descendo sorrateira
caiando de qualquer maneira
sem porta nem retranca,
noivando a natureza.
José Monteiro

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.