Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Ar da Guarda

"Livre não sou, mas quero a liberdade. Trago-a dentro de mim como um destino." Miguel Torga

Sermão do Bom Ladrão - Igreja de S. Vicente

"O Sermão do Bom Ladrão, foi escrito em 1655, pelo Padre António Vieira que o proferiu na Igreja da Misericórdia de Lisboa (Conceição Velha), perante D. João IV e sua corte. Lá também estavam os maiores dignitários do reino, juízes, ministros e conselheiros. Parte do conceito predicável retirado do evangelho de S. Lucas: crucifixão.
Num texto com carácter profético mostra o seu profundo entendimento sobre os problemas do Brasil e de Portugal – ele ataca e critica aqueles que se valiam da máquina pública para enriquecer ilicitamente. Denuncia escândalos no governo, riquezas ilícitas, venalidades de gestões fraudulentas e, indignado, a desproporcionalidade das punições."

 

Por iniciatvia do grupo de Filosofia, da ESAA, da Guarda, foi ontem (re)pregado, pelo grupo de teatro CalaFrio, o "Sermão do Bom Ladrão". Como se pode ver pelo texto acima é um sermão de uma aguda actualidade e por isso vale sempre a pena ouvi-lo ou lê-lo. Também, claro, pela argumentação que o P.e Vieira utiliza. Parabéns pela iniciativa.

(Fotos de Mª Alcina Barata, Ana Margarida Neves e Francisco Robalo)

sbl 16.jpg

sbl 19.jpg

slb 18.jpg

 

 

slb9.jpg

 sbl 20.jpg